Como funciona a Terapia das Vidas Passadas?

Quer entender como funciona uma sessão de Terapia de Vidas Passadas? Separamos as perguntas mais frequentes. Qualquer outra dúvida, podemos responder por email ou telefone.

Como funciona uma sessão de Terapia das Vidas Passadas?

Uma sessão de TVP tem três fases distintas: a entrevista preliminar, a regressão e a análise das informações.

1. Entrevista preliminar. Para conhecer os seus objetivos com a regressão, o problema que você quer resolver e sua história familiar. Essa parte é fundamental para poder orientá-lo melhor e fazer as perguntas relevantes quando você se encontrar em regressão.

Para ganhar tempo e facilitar o procedimento, peço para preencher um formulário online com todos os seus dados.

2. Regressão. Você deita na maca. O terapeuta induz um relaxamento profundo, através de exercícios de visualização e sugestões. Esse processo dura aproximadamente 20 minutos.

Depois de ter conseguido um relaxamento profundo, você fica em estado de consciência alterado, que pode também ser alcançado durante uma boa meditação.

Vale a pena ressaltar que você fica acordado durante o processo inteiro. O terapeuta lhe guia passo a passo até você puder mergulhar na suas vidas passadas.

A sua própria sabedoria infinita – com a ajuda do seus guias ou mentores – o leva aos eventos mais relevantes da suas várias encarnações. Você conta o que esta vendo na tela da sua mente e sentindo como todos os seus sentidos. O terapeuta faz perguntas, dá orientações e sugestões, a fim de facilitar o seu entendimento.

3. Análise das informações obtidas. Após a sessão, resumo dos acontecimentos, esclarecimentos, perguntas e aplicação dos ensinamentos na sua vida, dialogando com o terapeuta.

Como todas a sessões são gravadas em audio, você recebe uma gravação em mp3 para poder analisar melhor todas as informações.

Como funciona a fase da regressão?

shutterstock_128245910

As pessoas costumam reviver as vidas passadas de duas maneiras: observando as cenas, como se estivessem assistindo a um filme projetado em uma tela de cinema, ou na própria pele do personagem da vida passada.

Em outras palavras, você pode ser tanto espectador, como ator principal do seu filme, tendo a liberdade de modificar à vontade o seu ponto de vista.

Além da visão, você vai receber informações por meio de todos os seus outros sentidos.

Quanto tempo dura uma sessão e quanto custa?

Uma sessão dura em torno de duas horas. A primeira pode demorar um pouco mais, em virtude da coleta das informações e das explicações que você pode precisar.

O investimento é de 500 R$ a cada sessão. 

Como me preparar para a primeira sessão?

Eu peço algumas informações por escrito antes da primeira sessão. Assim, podemos aproveitar melhor do seu tempo. É importante que essas informações tenham sido digitadas no computador, em vez de escritas à mão. 

  1. Identificar seus objetivos ou problemas que você quer resolver com a Terapia das Vidas Passadas. Caso tenha vários, pode classificá-los em ordem de importância.
  2. Fazer uma lista das pessoas mais significativas da sua vida.
  3. Um histórico dos 20 fatos mais importantes da sua vida, em ordem cronológica. 
  4. Muitas outras perguntas relevantes.

Para facilitar o procedimento, você pode preencher o formulario de vidas passadas online.

Posso ver várias vidas passadas durante uma sessão?

o pensamento positivo traz inúmeros benefícios para a saúde física

Sim. Entretanto, é impossível prever de quantas vidas vai poder se lembrar.

Vou me lembrar de todas as minhas vidas passadas no final da sessão?

Sim, porque você está sempre consciente durante todo o processo. Às vezes, pode até se lembrar de detalhes significativos após a sessão. Como todas as sessões são gravadas, você tem a possibilidade de revisar todos os acontecimentos, à vontade. Para obter uma cópia da gravação em formato Mp3, basta levar um pen drive.

A hipnose é utilizada?

Não, eu não utilizo a hipnose. Você fica consciente durante toda a consulta, em estado de consciência modificada ou em relaxamento profundo.

Eu vou ficar inconsciente durante a regressão?

Bem-estar no Guaruja com o Reiki

Não. Você estará profundamente relaxado, em estado de consciência modificada, mas ficará consciente e desperto o tempo inteiro, respondendo às perguntas do terapeuta.

A Terapia das Vidas Passadas funciona com todo mundo?

Nem sempre. Algumas pessoas têm um bloqueio e não conseguem acessar as memórias passadas. Outras conseguem ver somente fragmentos de vidas, insuficientes para ter um entendimento maior. A maioria,  no entanto, vive a experiência com uma grande intensidade, recebendo muitas informações significativas.

Infelizmente, nenhum terapeuta pode prever se uma pessoa vai regredir com sucesso ou não. Além disso, alguns conseguem ver as existências anteriores só na segunda ou terceira sessão, quando estão mais acostumados com o processo ou com mais confiança.

Como acontece a cura com a terapia das vidas passadas?

Na verdade, o processo da cura ainda é um mistério. Ao reviver uma vida passada, você toma conhecimento de fatos com a sua consciência expandida. Esse conhecimento pode ser suficiente para melhorar, como se você enfim descobrisse uma chave para abrir uma porta trancada.

Como a terapia das vidas passadas estabelece uma conexão com a sua alma, é possível também que essa conexão libere energias de cura no nível vibracional ou energético da alma, cujos efeitos positivos se manifestam depois no corpo.

Na metafísica, muitos estudiosos dizem que a doença se manifesta primeiro na alma, depois nos vários corpos energéticos e no final no corpo físico. Outra hipótese talvez seja que uma vez removida da alma, ela suma também do corpo.

Como saber se a TVP pode resolver o meu problema?

A TVP pode resolver muitos problemas. Para saber mais, pode ver a pagina sobre indicações e benefícios.

Quantas sessões são necessárias para resolver o meu problema?

Infelizmente, ninguém pode dizer! Porque depende de muitos fatores: qual é o seu problema, qual é a origem do seu problema, como você vai lidar com as informações obtidas durante a sessão, etc. Eu sempre aconselho de deixar muito tempo (semanas ou até meses) antes de agendar a segunda sessão. De maneira geral, uma sessão é suficiente para resolver muitas queixas e provocar uma melhora grande na sua vida.

Tenho medo de fazer a TVP. Como vencer o receio?

Todo mundo tem um pouco de medo ao tomar a decisão de mergulhar em suas vidas passadas. É como embarcar numa viagem sem saber o destino exato – e muito menos o que você pode descobrir.

Entendo também que algumas pessoas receiam ter que se lembrar de vivências difíceis. E se eu fui uma pessoa maldosa? E se o meu marido tiver me traído?

Posso garantir que, assim como muitos outros, esse medo não tem fundamento. É sério, não há nada a temer, nenhum perigo no caminho. A terapia não apresenta riscos quando feita com um profissional treinado: não tenho conhecimento de ninguém que ficou presou numa encarnação anterior ou que desenvolveu comportamentos esquizofrênicos depois de descobrir os seus diferentes papéis no palco da vida eterna.

A questão que você tem que confrontar é a seguinte: você prefere ficar no escuro como vítima das circunstâncias ou acender a luz para descobrir e se livrar do seu problema? O que você pode lembrar e experimentar durante uma sessão de vidas passadas é bem menos assustador do que viver o resto da sua vida sofrendo e se queixando de tudo!

Eu não acredito em vidas passadas. A terapia pode funcionar para mim?

Sim. As dúvidas relativas ao conceito de vidas passadas são comuns e normais: geralmente, elas não têm influência sobre a regressão. Da mesma forma, acreditar ou não em vidas passadas tem pouca correlação com a sua capacidade de mergulhar no seu passado. Quem refuta a possibilidade da reencarnação pode até ter as certezas bastante abaladas depois de ter experimentado uma sessão!

Como saber a diferença entre as imagens produzidas pela imaginação e aquelas de uma vida passada?

Infelizmente, não dá para saber com certeza absoluta. Às vezes, quando você consegue ter uma imagem clara da sua vida passada (com informações como nome, endereço, local de sepultamento, etc.) e essa existência tenha ocorrido em um momento relativamente recente, os fatos podem ser verificados e comprovados.

Várias pessoas já encontraram provas de uma vida passada dessa forma. Em geral, as cenas parecem tão reais e as emoções tão fortes, que a pessoa tem a certeza de que se trata de uma vida passada.

Porém, o seu subconsciente também é capaz de “inventar” uma historia e até se inspirar na vida de um personagem histórico. Em todos os casos, essas informações têm como objetivo lhe transmitir uma mensagem relevante ou fatos importantes para o seu crescimento e seu melhoramento.

Vou sentir dores na hora de reviver a minha morte?

Você pode sentir emoções e sensações fortes, mas dores, raramente. Na maioria das vezes, reviver a sua morte, mesmo quando se trata de uma morte violenta, acontece naturalmente, como se você estivesse assistindo a um filme.

Vou ter que reviver coisas ruins do meu passado?

Eu não sei! Ninguém pode prever o que vai surgir. Algumas pessoas receiam descobrir coisas desagradáveis ou reviver uma morte, por exemplo. Mas as probabilidades de enfrentar esses momentos são tantas quanto as de revisitar momentos felizes e de prazer.

De qualquer maneira, se você tiver que reviver coisas ruins, será sem sofrer seus efeitos. E como se você estivesse assistindo a um filme: você não sente dor ao ver uma pessoa desencarnar ou adoecer.

A Terapia das Vidas Passadas pode ser perigosa?

Não. A TVP não põe a sua saúde física ou mental em risco. Você nunca vai ficar bloqueado em uma vida passada, ser possuído por um espirito ruim, despertar dores antigas ou levar vibrações negativas, por exemplo! Vale a pena lembrar que você está sempre no controle da sua mente e do seu corpo.

Posso sair de uma sessão emocionalmente abalado?

Cada um tem uma maneira única de lidar com os acontecimentos. Dependendo da sua experiência, uma sessão pode liberar emoções bem intensas. É muito comum ver pessoas chorando durante uma sessão, tanto de tristeza quanto de alegria.

A explosão de emoções é um passo importante da terapia, cuja finalidade é única: libertar do sofrimento, encontrar a sua essência e conduzir ao bem-estar. Um terapeuta experimentado sempre vai lhe guiar para que você consiga transmutar essas emoções em algo positivo e imediatamente útil no seu presente.

É por isso que eu reservo bastante tempo para fazer um resumo do que aconteceu durante a sessão e deixar o cliente meditar sobre os ensinamentos do que ele vivenciou.

Dessa forma, é muito raro alguém sair emocionalmente abalado de uma sessão. Mas emocionalmente tocado, é normal!

Para entender melhor, imagine que você tem que remover um espinho alojado no seu pé que te impede de caminhar livremente. Cutucar a pele para retirar o espinho pode doer um pouco. Mas a dor vale a sensação de alívio de quando o “intruso” é removido.

Há indicações especificas para se fazer uma Terapia das Vidas Passadas?

Sim. A TVP tem ótimos resultados com:

  • Medos e fobias
  • Dores inexplicáveis
  • Problemas crônicos de saúde
  • Problemas emocionais (ansiedade, depressão, etc.)
  • Distúrbios alimentares
  • Problemas psicológicos
  • Bloqueios (falta de confiança, transtornos, comportamentos recorrentes, etc.)
  • Insatisfação com a vida
  • Falta de direção

A Terapia das Vidas Passadas pode substituir um tratamento médico?

Não. Nunca é recomendável parar com as consultas médicas ou deixar de tomar os remédios prescritos pelo profissional de saúde. Mas você pode seguir, em paralelo, uma terapia de vidas passadas para melhorar a sua vida.

Todos os meus problemas vêm de vidas passadas?

Não. A maioria vem provavelmente desta existência, da infância, e muitos podem ser resolvidos sem recorrer a uma regressão! Entretanto, como vivemos muitas vidas, carregamos problemas e traumas de uma existência para outra, até resolvê-los, ou lições a repetir, até aprendê-las.

Posso me livrar de todos os problemas e curar todas as doenças?

Não. A regressão não tem essa pretensão, embora funcione bem para alguns casos. Vale a pena ressaltar que, às vezes, a alma escolhe conviver com uma doença ou uma limitação física para a sua evolução. Ela pode também planejar a manifestação de uma doença como um sinal vermelho quando a pessoa se afasta demais da sua trajetória. Esse sinal vermelho tem a função de fazer a pessoa parar e refletir sobre a sua vida.

Eu não tenho um problema específico a resolver. Posso fazer a terapia por simples curiosidade?

Sim. O objetivo, entretanto, deveria sempre ser o crescimento individual.

Existe alguma contra-indicação para a regressão ?

Sim. Não é aconselhável fazer uma terapia de vidas passadas com problemas psicológicos graves relevantes da psiquiatria ou doenças em fase terminal, que necessitem de medicação pesada.

Eu sinto uma ligação muito forte com o Egito. Pode significar que já vivi naquele país no passado ?

Sim e não. Mesmo indícios concluintes ou uma intuição aguda não revelam necessariamente o caminho da sua alma em outros tempos. Algumas vezes, fragmentos de memórias realmente surgem do passado dessa forma. Mas podem ser simplesmente lembranças esquecidas da infância.

O fato é que as memórias podem enganar : antes de considerar indícios ou intuições como pedaços isolados de vidas passadas, você precisa sempre procurá-los dentro de memórias da vida atual. Conservamos muitas lembranças escondidas do nosso consciente, mas alcançáveis por meio do nosso subconsciente. Como estes podem ter sido originados na infância, não representam uma maneira definitiva de ter conhecimento de suas vidas passadas.

Vou dar alguns exemplos. Uma fascinação pela literatura francesa não significa que você foi o Victor Hugo ou qualquer outro escritor na França; talvez seus pais adorassem ler livros de autores franceses quando você ainda engatinhava.

Um dom para a pintura não tem necessariamente relação com uma existência anterior de artista. Você pode simplesmente ter um grande potencial criativo. Ter aversão por guerras não significa que você vestiu no passado o uniforme de soldado nos campos de batalhas. Afinal, quem realmente curte guerras e mortes violentas?

Uma grande vontade de visitar a Índia não tem nada a ver com um vida passada de yogi. Pode ser que você tenha percorrido um livro de viagem sobre a Índia no berçário e não se lembre – além da Índia ser um destino fascinante para qualquer um. No caso do Egito, muitos tem uma atração forte pelo país, em razão da sua rica história e dos mistérios envolvendo as pirâmides, por exemplo.

A TVP é diferente dos testes de internet que prometem identificar quem eu fui numa vida passada?

Sim. Esses testes não têm validade nenhuma e não passam de diversão e brincadeira. Que fique bem claro de vez: não existe teste para sequer dar pistas sobre as suas existências anteriores. Qualquer decisão que você tome em função dessas piadas pode ser perigosa. 

Um médium honesto, possuidor da faculdade de ver e receber informações sem a ajuda de bolas de cristal, jogos de tarô ou quaisquer artifícios pode acessar informações de seus muitos caminhos de vida. Todavia, poucos se encaixam nessa categoria.

O outro caminho – com certeza o mais eficiente – para abrir a caixa da sua alma é fazer uma regressão com um terapeuta qualificado.

Fazer TVP infringe uma lei espirita?

Alguns espíritas afirmam que não é à toa que ninguém se lembra das suas vidas passadas: esse esquecimento seria uma vontade de Deus para nos proteger de memórias dolorosas. Isso é tão tolo quanto dizer que o ser humano tem que ficar doente porque Deus não criou os medicamentos, ou que o homem deveria continuar andando a cavalo ou nunca ter saído da Idade da Pedra.

Na minha visão, cada pessoa tem livre arbítrio para fazer o que acha necessário para o seu crescimento, desde que não prejudique o seu próximo.

Por isso, quando realizada no intuito de melhorar, a terapia de vidas passadas é uma ferramenta e uma forma de progresso tão válida como qualquer outra.