Benefícios da gratidão

10 provas de que a gratidão pode transformar sua vida

A gratidão tem o poder de totalmente transformar a sua vida, alem de torna-la uma pessoa melhor e mais feliz. Muitos estudos científicos comprovaram os inúmeros benefícios que ela traz em todas as facetas da existência: saúde, equilibro mental, relacionamentos e até carreira. Confira porque a gratidão é uma virtude que tudo mundo deveria cultivar urgente.

1. Gratidão é um dos caminhos para a felicidade

Segundo pesquisas, ter consciência de tudo o que se tem a agradecer melhora o humor, estimula emoções positivas e afasta o stress e a negatividade. Além disso, evita a inveja, pois quem está satisfeito com o que tem não fica desejando o jardim do vizinho e sente menos insegurança, desconfiança e inferioridade.

A atitude de agradecer diariamente não apenas provoca felicidade como também a mantém. Ganhar mais dinheiro, tomar um sorvete ou conversar com um amigo causam uma sensação momentânea de alegria, mas reconhecer-se como uma pessoa abençoada traz felicidade duradoura.

2. Melhora o ambiente de trabalho

Uma pesquisa de opinião realizada nos Estados Unidos apurou que em 2014, 65% dos americanos acreditam que receberam menos reconhecimento em seu trabalho do que mereciam. A gratidão torna os gestores e administradores mais eficientes: na medida em que reconhecem as qualidades e o esforço de seus colegas de trabalho, podem aproveitá-las melhor nos projetos da empresa.

Ao mesmo tempo, aumenta a produtividade, auxilia no cumprimento de metas, facilita o networking e torna o ambiente corporativo mais humano e amigável.

3. Ajuda na construção de relacionamentos sólidos

a gratidão favorece os relacionamentos

A gratidão torna as pessoas mais amigáveis, simpáticas e confiáveis, pois faz com que nos coloquemos no lugar do outro antes de tomar uma atitude. Essa empatia também nos torna mais propensos a oferecer apoio emocional a um amigo que está enfrentando dificuldades.

Ou seja: a gratidão nos torna mais sociáveis, à medida que faz com que outras pessoas gostem mais de nós e apreciem a nossa companhia. O resultado desse comportamento é a facilidade para fazer novos amigos e manter relacionamentos mais profundos e duradouros.

4. É a chave para um casamento bem-sucedido

O exercício da gratidão com o parceiro faz com que as pessoas se sintam mais satisfeitas no relacionamento e emocionalmente conectadas entre si.

Quem é casado sabe que, com o passar do tempo, a paixão esfria e o casal passa a agradecer menos e reclamar mais. Pensando nisso, um grupo de cientistas criou a escala Losada, que divide o número de expressões positivas (encorajamento, apoio e gratidão) pelo de expressões negativas (sarcasmo, cinismo e reprovação) durante as interações.

A conclusão foi que quando a razão é de cinco expressões positivas para cada negativa, o casamento é considerado satisfatório; porém, se o predomínio for de expressões negativas, cedo ou tarde o casal vai acabar se divorciando.

5. Faz do mundo um lugar melhor

Pode parecer clichê, mas a gratidão torna o mundo um lugar melhor para se viver. Primeiro, porque nos transforma como pessoas, tornando-nos mais altruístas, éticos, socialmente comprometidos e prestativos. Quem sente e expressa mais gratidão tira o foco de si mesmo e passa a ver o outro com compaixão e atribuir-lhe mais importância. Ficamos mais abertos a pensar no outro em vez de adotar uma postura egoísta, narcisista e autocentrada.

Agindo assim, naturalmente estimulamos quem recebe nossa gratidão a fazer o mesmo. Estes se tornam multiplicadores desse comportamento positivo, e cada vez mais pessoas se sentirão inspiradas a ser gentis com seus semelhantes.

6. Favorece a espiritualidade

gratidão e espiritualidade

Todas as religiões definem a gratidão como uma virtude. Quanto mais espiritualizada uma pessoa for, maior é a probabilidade dela sentir e expressar gratidão, seja qual for sua religião ou crença.

O sentido oposto também é válido: quanto mais uma pessoa sente gratidão, mais ela percebe que não existe autossuficiência e que a ordem natural das coisas aponta para a existência de um Deus (ou qualquer outro tipo de força superior) sábio e benevolente, o que a aproxima da descoberta da espiritualidade.

Vale lembrar que pessoas espiritualizadas têm menos tendência ao materialismo, que está diretamente ligado à insatisfação e à infelicidade.

7. Melhora o sono

De acordo com um estudo publicado pelas pesquisadoras Nancy Digdon e Amy Koble, fazer uma lista de motivos pelos quais você é grato antes de dormir é uma ferramenta poderosa para quem sofre de insônia.

A explicação científica é que os pensamentos que ocupam a mente enquanto tentamos dormir influenciam diretamente tanto a qualidade do sono quanto a dificuldade em consegui-lo. Se você ficar pensando nas tarefas do trabalho, problemas financeiros ou na escola das crianças, a tendência é que o nível de stress aumente e atrapalhe a qualidade do sono.

Já os pensamentos positivos relacionados à gratidão liberam hormônios que induzem ao bem-estar e relaxamento, ajudando a cair no sono mais rapidamente, descansar melhor, dormir por mais tempo e evitar sonolência durante o dia.

8. Prolonga a vida

Existem comprovações científicas suficientes de que emoções positivas melhoram a saúde e fortalecem o sistema imunológico, evitando doenças infecciosas e ajudando o organismo a combatê-las. Pessoas que incluem a gratidão em seu dia-a-dia também são menos propensas a sofrer de depressão e distúrbios mentais.

Embora ainda não haja pesquisas conclusivas sobre o assunto, já se sabe que pessoas otimistas costumam viver alguns anos a mais do que as pessimistas, talvez por sofrerem menos com stress, autopunição e ansiedade.

Some-se a isso o fato de que essas pessoas apresentam pressão arterial mais baixa, o que reduz risco de infartos, derrames e doenças cardíacas.

9. Ameniza dores físicas

A gratidão ou como diminuir as dores físicas

A gratidão favorece o aumento da autoestima, pois nada é mais agradável do que pensar que alguém te ajudou simplesmente porque gosta de você. Esse pensamento estimula outras emoções positivas, o que aumenta a produção de endorfinas, hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar e que atuam como analgésicos naturais, aliviando das dores de cabeça às terríveis dores causadas pelo câncer terminal.

Segundo estudos científicos, manter um “diário da gratidão” torna os pacientes mais resistentes à dor e outros sintomas físicos desagradáveis.

10. Ajuda a alcançar metas

Uma pesquisa pediu que voluntários fizessem uma lista das metas que desejavam alcançar nos próximos dois meses. Os participantes foram divididos em dois grupos, sendo que um deles foi orientado a fazer um “diário da gratidão”. No final do período de estudo, os participantes desse grupo relataram maior progresso em suas metas.

A conclusão é que uma pessoa consciente de tudo o que tem a agradecer torna-se menos passiva e preguiçosa, e mais disposta a correr atrás de seus objetivos.

Steven Anthony, psicologo, life coach e terapeuta Dicas escritas por Steven Anthony, Life Coach, Psicólogo e Terapeuta da Life Terapias (Guarujá, SP). 

Artigo original: www.lifeterapias.com.br